terça-feira, 20 de novembro de 2012

Bebê doente, E agora?



Não importa onde more, onde esteja nesse Brasil hoje todos estamos sentindo uma mudança importante no clima. E daí começa as gripes, resfriados entre outros vírus oportunistas que visitam nossos bebês e crianças e por sua vez fazem a loucura das mamães. Não importa se é mãe de primeira ou terceira viajem como eu. Sempre, desde que o mundo é mundo mãe sempre fica um pouco maluca com filho doente. Então vejamos? Quantas de nós não ligamos o dia inteiro para o pediatra se há um pequeno sinal de febre? Então? As dúvidas do que seu filho pode estar sentindo, ou que vírus pode esta se alojando no seu pequeno são inúmeras. Minha bebezinha está quase no sexto mês e já passou por uma “bronquite”, “pneumonia” Será? Ao certo mesmo nem os médicos souberam ser precisos sobre. Estive com ela em um hospital de referência particular internada por dez dias e nem mesmo assim “competentes” profissionais me fizeram ter segurança e ficar tranquila durante a recuperação da minha pequena. A não ser por uma entre quase oito médicos que a examinaram, ela me deu uma bela lição sobre como identificar a gravidade do que se passava com minha filha. Ela observou minha pequena por alguns minutos, depois me olhou e disse: O que vê na sua criança? Ela não está tão mal assim, Está? Eu olhei para a Sophia e ela se enchia de sorrisos e de rostinho rosado me dizia claramente: Mamãe deixa disso! Eu to ótima! E foi assim que aprendi. O aspecto geral da minha filha diz muito sobre a saúde dela. O ânimo e o apetite são um ótimo termômetro. Por isso hoje antes de expor ainda mais á ela e até a mim a hospitais e grandes centros de saúde infestados de vírus eu a observo bem. É preciso ficar atenta sim a sintomas de doenças no seu filhote, mas acredite bebês precisam sim se sensibilizar com alguns vírus para fortalecer o sistema imunológico. Febres, dores de barriga, cólicas e tantos outros sinais precisam ser associados também ao estado geral da criança. Bebê que sorrir, come e não tem sinais de esmorecimento ou sonolência podem sim esperar um pouco mais em casa e a mamãe deve ficar tranquila ao receber orientações do pediatra por telefone ou em todo caso se há facilidade de marcar uma consulta eletiva é bem válido para se manter em equilíbrio e passar positividade para sua criança que em convalescendo de qualquer mal vai precisar do melhor remédio. Seu carinho e amor tranquilo. Vale lembrar que todas as crianças que você conhece. Todas. Sem exceção já acordaram resfriados do nada, já tiveram febre e muitas dores de barriga e estão ai sorrindo e serelepes. É muito comum as mamãe mais antenadas com a internet ir buscar diagnósticos ou analisar o que o filho sente em sites sobre bebês como este e tantos outros. E muito comum também impressionarem-se com o que diz lá. Calma, calma. Leia sim. Leia muito. Mas, com bastante atenção e pondere. Alguns depoimentos e diagnósticos expostos na grande rede de computadores pode fazer você ficar paranoica. Por isso o melhor diagnostico sempre vai ser á partir de seus olhos. 
Lia Joca 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Que bom que está aqui,
Vamos trocar idéias? Deixe aqui sua dica, dúvida, comentário ou quem sabe ajude-nos a escrever o próximo post nos dizendo sobre o que gostaria de ler.
Abraço,
Lia Joca